9 de nov de 2012

Entrega de Amor

Entrega de amor
O tempo carrega o som dos amores deixados para trás
O vento murmura ladainhas da saudade deixada em mim
São as letras perdidas no espaço do papel que integram meu ser ao teu
Pensamento que vai buscar o aroma do teu hálito fresco
E trás a memória os encontros secretos 
Onde amantes se deleitavam em horas de entregas de amor
É o som das águas que burbulham em minha face lavando o Rosto beijado pelos lábios vermelhos da cor da paixão
Que me escravizou acorrentando-me a sua vida e tornando-me tua escrava
A mais dedicada de todas que tomaste para ti
A mais bela amante amada aconchegada em teus braços
No calor do teu corpo suado do amor intenso que vivemos plenamente
                           
 *Pablo Alborán -  Miedo *
http://www.youtube.com/watch?v=sz0zKieLTA4

http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamor/3976129


Um comentário:

Dreamaker disse...

Olá.

Belíssimo texto... ele fala daquela entrega da qual somente quem Ama de verdade é capaz se se permitir.
Meus parabéns e uma boa noite.

;D