8 de out de 2012

Eu Te Amo

Meu coração descompassado
procura o teu
não sei viver sem teu perfume 
sem teu olhar
Você me ensinou a te amar
a sorrir, ver a luz, contar as estrelas do céu
mas não me ensinou o que fazer
no dia que fosse embora

Ando pelas a tua procura
em cada rosto que vejo
busco o teu olhar
ouço tua voz mas não acho a direção
grito teu nome
já não me escutas
sou um grão de areia
nesse mar de tristeza

Teus beijos ficaram tatuados em mim
meu corpo guardou o toque das tuas mãos
e em meus olhos ficou a tua fotografia
que jamais se apagará
Tua voz ecoa em meus ouvidos
Palavras sussurradas
no íntimo das noites
que entreguei-me a ti
e com essas lembranças morro
a teu lado sem me reconheceres

* Céu de Santo Amaro - Flávio Venturini *



3 comentários:

ღ Míìh..ღ disse...

Como a saudade algumas vezes dói.
A lembrança do cheiro,da voz, dos olhares ainda se faz tão presente em mim.

lindíssimo poema.

Beijos meus

Joana Rocha disse...

Muito lindo esse poema, reflecte a minha vida neste momento.

Beijos :)

Ronaldo Prado disse...

Lindo poema, belíssimo blog!
Puro sonho, fantasia real . . .
Parabéns e, obrigado por criar coisas tão belas!