14 de jun de 2012

Te quero livre!




Te quero livre como os pássaros que voam
E escolhem as flores mais belas
para alimentarem-se de seu mel
voltando depois saciados
a seu porto seguro

As flores tem seu tempo
Desabrocham e murcham
suas pétalas caem
outras nascem

Mas o pássaro
continua sugando o mel
de outras flores e voltando
para o mesmo lugar
que o acolhe, o protege
dos dias frios e tristes...

Não tenho medo que um dia não voltes...
Só quero que fiques bem, em algum lugar...
Sandra Amorim
http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamor/3695774