22 de set de 2012

Coração

Coração partido
machucado pelo amor 
não correspondido
incompreendido
iludido com a esperança

Coração marcado
no compasso da desilusão
entregue a saudade
jogado no chão
pisado humilhado

Coração reaja
ainda não é o fim
a vida segue lá fora
volta pra mim
não demora






Um comentário:

Franciane Monteiro disse...

Tão lindos e tão tristes versos...como poesia magnifica. Beijos