16 de jun de 2012

Desejo



Quando te vi
Logo senti
O desejo fluir
Minha razão
Deu lugar ao coração
Deixando então
O amor me invadir

A razão não agüentou
Segurar esse desejo
Que num beijo
Se revelou
Mais forte que antes

Como uma tempestade
Que vem anunciando
O que vai acontecer
O cheiro da chuva
Com a terra molhada
Envolve nosso corpo
Formando um só

Com o gozo chegando
Palavras bailando
Sussurros ao pé do ouvido
Envolvimento total
O suor se misturando
Tuas mãos me acalmando
Tua boca me beijando
Nos teus braços
Descansando
A beleza desse amor